Jogadores do Bandeirante criticam arbitragem em foto divulgada nas redes sociais

O BEC enfrentou o Catanduva pela oitava rodada da Série A3 e foi derrotado; jogadores pediram a expulsão do goleiro do Santo

O Bandeirante recebeu o Catanduva, na última quarta-feira (21), para o confronto da oitava rodada do Paulistão Série A3. O BEC saiu derrotado da partida, por 1 a 0 e os jogadores ficaram insatisfeitos com a arbitragem. 

Com um a menos desde os 25 minutos do primeiro tempo após o segundo amarelo de Marcos Romão, o elenco da equipe de Birigui demonstrou o descontentamento com a não expulsão do goleiro do Santo. Aos 20 minutos do segundo tempo, quando a partida ainda estava em 0 a 0, o atacante Felype Hebert driblou dois adversários, mas foi derrubado pelo goleiro do Catanduva dentro da área.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Imagem-do-WhatsApp-de-2023-08-10-as-15.39.04.jpg

+ Quer receber relatórios e indicações de apostas dos clubes das Séries A2, A3 e A4? Veja mais informações!

Os jogadores do Bandeirante pediram falta no lance, mas o árbitro Wilson Adalberto da Silva mandou o jogo seguir. Momentos depois, uma falta a favor do Catanduva foi marcada pelo árbitro e houve um princípio de tumulto.

A discussão foi registrada em súmula como justificativa para os acréscimos da partida. Ainda no documento, o árbitro afirmou que a porta do vestiário da equipe de arbitragem foi “chutada por várias vezes” após o final da partida.

O Bandeirante é o sexto colocado da Série A3, dentro da zona de classificação para a próxima fase, com 12 pontos. Na próxima rodada, a equipe visita o União Suzano, no sábado (24), às 15h (horário de Brasília).

+ Inscreva-se no canal do ESCANTEIO SP no YouTube 

LEIA TAMBÉM

+A3: Nova data para Grêmio Prudente x Catanduva é marcada
+Desportivo Brasil completa seis jogos sem perder na A3
+Monte Azul protesta contra gols anulados: "Assalto em Lins"
+Noroeste estuda registrar queixas contra árbitro na Federação Paulista