‘Dificilmente vamos ficar fora’: Paulo Roberto analisa XV de Piracicaba no G8

Por "entrega" do grupo, o técnico do Alvinegro Piracicabano vê a equipe classificada para a próxima fase da Série A2

O técnico do XV de Piracicaba, Paulo Roberto Santos, analisou a vitória da equipe sobre o Velo Clube, pela 10ª rodada do Paulistão Série A2. O treinador viu o Alvinegro Piracicabano ser pressionado no primeiro tempo e retornar melhor para a segunda etapa. 

Segundo Paulo Roberto, na hora de fazer a transição ofensiva, o time errava passes, e a bola parada, trabalhada em treinamentos, acabou funcionando para o adversário.

“Normal essa pressão, eles estavam jogando dentro de casa. Erramos muito no primeiro tempo. Tivemos a felicidade de fazer o gol e depois tomamos o gol em uma bola parada onde eu acho que nós fizemos uma falta desnecessária, uma bola que nós trabalhamos muito e que nós sabíamos que o adversário tinha qualidade. No vestiário nós conversamos para que tivéssemos mais acertos de passe na retomada da bola e isso ocorreu no segundo tempo e com as mudanças ficamos com um time mais leve, mais rápido”, analisou o treinador. 

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Imagem-do-WhatsApp-de-2023-08-10-as-15.39.04.jpg

+ Quer receber relatórios e indicações de apostas dos clubes das Séries A2, A3 e A4? Veja mais informações!

Com a virada sobre o Velo no Benitão, o XV ocupa a quarta colocação na tabela da Série A2, com 16 pontos, dentro da zona de classificação para a próxima fase. O Nhô Quim agora possui uma sequência de sete jogos sem perder e três vitórias consecutivas.

“No futebol não dá pra prever nada. Posso garantir que com esse perfil, essa entrega do grupo, dificilmente vamos ficar fora do G8. A classificação eu não posso garantir em qual lugar, mas acho que a equipe cresceu desde o jogo contra o São Bento e logicamente nós tivemos a criatividade em outros jogos. Contra o Capivariano, a bola não entrou por mérito do goleiro. Também podemos falar do jogo passado contra a Portuguesa Santista. Em alguns jogos nós pecamos, mas volto a frisar o DNA que a equipe está conseguindo colocar de competir, não interessa se é o camisa 10, se é o 9, no seu setor, o adversário não pode ter facilidade”, ressaltou Paulo Roberto.

O XV de Piracicaba agora se prepara para o confronto contra o Primavera, pela 11ª rodada da Série A2. O Alvinegro Piracicabano recebe o Fantasma, neste sábado (24), no Barão, às 17h (horário de Brasília).

+ Inscreva-se no canal do ESCANTEIO SP no YouTube

LEIA TAMBÉM

+Monte Azul protesta contra gols anulados: "Assalto em Lins"
+Comercial se afasta de conversas sobre a SAF e decide focar na Série A2