Confusão entre torcedores do Marília acaba com 13 detidos

A confusão começou no setor de visitantes do Prudentão; o episódio não foi relatado na súmula da partida

O empate em 1 a 1 entre Grêmio Prudente x Marília pela terceira rodada da Série A3 acabou em confusão nas arquibancadas do Prudentão. A Polícia Militar precisou intervir em uma discussão entre torcedores do MAC e 13 deles foram detidos. 

A confusão começou com uma discussão entre dois grupos de torcedores do Marília. O motivo teria sido a colocação de faixas. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a PM utilizou balas de borracha, gás de pimenta e tonfas (bastão do tipo cassetete) para conter a confusão generalizada.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Imagem-do-WhatsApp-de-2023-08-10-as-15.39.04.jpg

+ Quer receber relatórios e indicações de apostas dos clubes das Séries A2, A3 e A4? Veja mais informações!

Um dos torcedores ficou ferido por dois dos cinco disparos, um no braço e outro na perna. Os tiros teriam sido necessários, segundo a PM, porque o torcedor correu com um objeto em mãos. Depois de receber atendimento médico, o rapaz foi encaminhado para a delegacia. 

Mesmo com a confusão ocorrida na metade da primeira etapa do jogo, nada foi relatado em súmula pelo árbitro José Guilherme de Almeida e Souza. Todos os detidos foram ouvidos, assinaram termos de compromisso e foram liberados. 

Dentro de campo, Grêmio Prudente e Marília ficaram no 2 a 2. O Carcará ocupa a sexta colocação da Série A3 com quatro pontos conquistados. Já o MAC é o 10º com três pontos apenas.

O próximo jogo do Marília pela Série A3 será em casa, no Abreuzão. O MAC recebe o União Suzano, neste sábado (3), às 19h15 (horário de Brasília), em busca da primeira vitória na competição. 

+ Inscreva-se no canal do ESCANTEIO SP no YouTube

LEIA TAMBÉM

+Empate mantém tabu e Comercial não vence o Noroeste há quatro anos
+Moisés Egert admite frustração com o empate do Noroeste contra o Comercial
+Série A3: Sertãozinho anuncia demissão de Paulinho Mclaren
+Torcida organizada do Grêmio Prudente cobra “resultados em campo” na Série A3