Risco de lesão e desgaste físico: Roberto Fonseca diz o que atrapalhou o São Bento

O Azulão Sorocabano vencia a Portuguesa Santista por 4 a 1 e viu a Briosa empatar a no final do jogo

O empate do São Bento contra a Portuguesa Santista, pela 10ª rodada do Paulistão Série A2, teve um gosto de derrota para os torcedores do Azulão Sorocabano. A equipe perdeu a chance de encostar no líder do estadual, o São José, e viu uma sequência de cinco jogos sem sofrer gols ser finalizada. 

No entanto, o técnico Roberto Fonseca, analisa a partida como um ‘copo meio cheio e meio vazio’. Segundo o treinador, o desgaste físico pela substituição de peças durante a partida foi determinante para o placar final. 

É claro que você tem duas situações. Quando isso acontece, pode-se dizer que o copo está meio cheio ou meio vazio. Nós não tínhamos feito essa quantidade de gols, mas também não havíamos levado essa quantidade de gols na competição. Vínhamos de vários jogos sem tomar gols, então é um time com sustentação e que tinha a melhor defesa do campeonato. É claro que foi uma partida onde tivemos que fazer trocas. Depois que você está ganhando, tem de ter o controle do jogo, tivemos que fazer muitas trocas e fomos perdendo jogadores”, afirmou o treinador. 

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Imagem-do-WhatsApp-de-2023-08-10-as-15.39.04.jpg

+ Quer receber relatórios e indicações de apostas dos clubes das Séries A2, A3 e A4? Veja mais informações!

O curto período para a recuperação dos jogadores é algo citado constantemente pelos treinadores do estadual. O técnico Roberto Fonseca justificou as trocas no confronto contra a Briosa pelo risco de lesão e a perda de jogadores para a sequência da competição.

“Essa semana, pela nossa experiência, sabíamos que iriamos encontrar problemas na parte física e a preocupação com lesões, como acabaram acontecendo. Muita gente questiona por que trocou esse ou aquele. Trocamos exatamente por isso, para não perder jogadores. Tivemos de colocar o Leandro (Silva) no jogo, ele acabou sentindo, é um atleta que vem jogando, com um desgaste maior. Guilherme (Lacerda) numa sequência maior acabou sentindo também e assim são as trocas sucessivas pela parte física. E ainda que nós conseguimos tirar jogadores para poder amenizar um pouco esse desgaste físico. Agora temos que ver o que teremos à disposição e esperamos fazer novamente um grande jogo, uma grande partida em casa diante do nosso torcedor para consolidarmos a classificação à segunda fase”, ressaltou Roberto Fonseca. 

Vice-líder com 21 pontos, o São Bento se prepara para enfrentar o Oeste, em casa, pela 11ª rodada da Série A2. O confronto acontece, neste sábado (24), às 16h (horário de Brasília).

+ Inscreva-se no canal do ESCANTEIO SP no YouTube

LEIA TAMBÉM

+Ademir Fesan será o técnico do Comercial na sequência da A2
+‘Dificilmente vamos ficar fora’: Paulo Roberto analisa XV de Piracicaba no G8