Taquaritinga chega a 17 jogadores confirmados para a Série A4 

Com trio que teve boa minutagem pelo São Caetano na Série A2, CAT deve ter elenco bastante modificado para a Série A4

O Taquaritinga definiu boa parte do seu elenco para a Série A4 do Campeonato Paulista da próxima temporada. O clube confirmou cinco permanências e 12 contratações para a competição. 

O único titular da campanha do Paulista Segunda Divisão que permaneceu foi o volante Diego Mendes. Ele disputou 24 partidas pela equipe na competição e marcou dois gols. 

Em relação às contratações, os principais reforços vieram do ABC Paulista. O lateral Álamo, o zagueiro Guilherme Tavares e o atacante Lobato tiveram boa minutagem pelo São Caetano na última edição da Série A2, apesar do rebaixamento da tradicional equipe. 

Mesmo com a possibilidade de relacionar a cada partida cinco atletas com mais de 23 anos, o Taquaritinga não dá indícios de que deve se aproveitar da possibilidade para contratar atletas com bastante experiência. Isso porque o goleiro Matheus Saldanha, o zagueiro Barreto e o volante Luís Otávio farão 24 anos em 2024 e não poderão ser relacionados como jogadores sub-23. 

A Série A4 do Campeonato Paulista tem início marcado para o dia 28 de janeiro. A Federação Paulista de Futebol (FPF) deve divulgar a tabela prévia da competição até 14 de dezembro.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Imagem-do-WhatsApp-de-2023-08-10-as-15.39.04.jpg

Confira o elenco do Taquaritinga para a Série A4

Goleiros: Matheus Saldanha (Resende-RJ) e Zayon (remanescente)
Zagueiros: Kauê (remanescente), Barreto (Taubaté), Guilherme Ramos (Catanduva) e Guilherme Tavares (Santo André)
Laterais: Álamo (Santo André) e Pedro Augusto (Hercílio Luz-SC)
Volantes: Luís Otávio (XV de Jaú), Hugo (remanescente), Diego Mendes (remanescente), Yuhei Otsuka (remanescente) e Moysés (Catanduva)
Meias: Chileno (XV de Jaú) e Pedrinho (Inter de Minas-MG)
Atacantes: Adson (VOCEM) e Lobato (Portuguesa Santista)

LEIA TAMBÉM
+ Presidente do Monte Azul explica SAF e projeta Série A2: “Vamos brigar lá em cima”