Sexta substituição em Grêmio Prudente x Catanduva será analisada pelo TJD

Arbitragem relatou seis substituições do Santo pela segunda rodada do estadual

O Catanduva venceu o Grêmio Prudente por 2 a 1, no último sábado (27), pela segunda rodada da Série A3. A partida, no entanto, será analisada pelo Tribunal de Justiça Desportivo (TJD) e pode ser anulada pela sexta substituição feita no jogo pelo time visitante.

O árbitro Vinicius Bettio relatou a sexta substituição em súmula, mas a irregularidade não foi notada pela equipe de arbitragem no momento do jogo. O técnico Ivan Canela fez duas substituições simultâneas, uma delas sendo a entrada do atacante Thiago Ribeiro, autor do gol da vitória. 

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Imagem-do-WhatsApp-de-2023-08-10-as-15.39.04.jpg

+ Quer receber relatórios e indicações de apostas dos clubes das Séries A2, A3 e A4? Veja mais informações!

A entrada do jogador foi relatada como a quinta troca do Santo, quando foi, na realidade, a sexta substituição feita pela equipe, uma a mais que a permitida pela regra. Segundo a Federação Paulista de Futebol, o caso será analisado pelo TJD. O Catanduva espera pela decisão para tomar providências.

“Consta em súmula, isso é fato e não tem como responder diferente. Aconteceu sim por lapsos do Catanduva, do quarto árbitro da partida. Vamos aguardar a manifestação formal do tribunal, da Procuradoria desportiva para saber qual será a eventual fundamentação de denúncia, de pena. Para trabalharmos juridicamente do que efetivamente acontecer”, afirmou Matheus Galhardo, advogado do Santo ao GE.

Com a vitória, o Catanduva assumiu a liderança da Série A3, com seis pontos e é o único time invicto na competição. A próxima partida da equipe no estadual será, nesta quarta-feira (31), contra o Itapirense, em casa, às 20h (horário de Brasília). 

+ Inscreva-se no canal do ESCANTEIO SP no YouTube

LEIA TAMBÉM

+Série A3: onde comprar os ingressos para a terceira rodada
+Série A2: onde comprar os ingressos para a quinta rodada
+Com um a menos, técnico elogia postura defensiva da Ferroviária contra o Comercial