Taubaté conversa para manter elenco, mas ainda aguarda definição da FPF

O Taubaté quer manter o elenco que vinha disputando a Série A2 do Campeonato Paulista antes da paralisação. O clube vem conversando com os atletas e espera contar com o grupo para o retorno da competição.

Os diálogos, porém, ainda são bastante prematuros. O Burro argumenta que não consegue entrar em detalhes ou prometer renovação por conta da incerteza que paira o futebol paulista.

O clube também não sabe como será sua arrecadação quando a bola voltar a rolar, se os patrocinadores continuarão, e se os mesmos formatos de competição serão mantidos. Por conta das dúvidas, ainda não foi discutido redução salarial com os jogadores.

Apesar das conversas, o Taubaté não tem como segurar os atletas caso recebam propostas de outros clubes. A situação é a mesma para a comissão técnica comandada por João Vallim.

Em contato com o Escanteio SP, o clube confirmou que deve os salários de abril e de parte de março, período pós-paralisação. O vínculo de todo o grupo se encerrou no fim do mês passado. No momento, o Burro só tem oito atletas sob contrato, todos vindos das categorias de base.