Juventus completa exatos seis meses sem vencer na Rua Javari

Moleque Travesso triunfou pela última vez na Mooca em jogo da 3ª rodada da Série A2. De lá para cá, 8 jogos: 3 empates e 5 derrotas. Retrospecto ruim acontece desde 2018

ESCANTEIO ENTREVISTA (AO VIVO) | WILSON JR., TÉCNICO DO PRIMAVERA

Foi no dia 2 de fevereiro deste ano que o Juventus, pela última vez, venceu em sua casa. Naquela tarde de quarta-feira, o Moleque Travesso derrotou o XV de Piracicaba por a 1 a 0 na Rua Javari, com gol de cabeça de Igor Bahia. A partida foi válida pela 3ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista.

De lá para cá, o Juventus disputou oito partidas em seus domínios. O retrospecto é horrível: 8 jogos, 3 empates e 5 derrotas, com apenas 3 gols marcados e 10 sofridos - aproveitamento de pontos de somente 12,5%.

+ Quer receber relatórios para apostas na Copa Paulista e na Segunda Divisão? Envie um e-mail para [email protected]

Desde o jogo contra o XV, o Moleque Travesso acumulou, pela Série A2, derrotas contra Linense (0x1), Audax (2x3) e Velo Clube (0x2) - além de empates diante a Portuguesa Santista e o São Bento, ambos com placar de 0x0.

Na Copa Paulista, competição que atualmente disputa, o time da Mooca perdeu para Portuguesa (0x2) e São Caetano (0x1) - e ficou na igualdade com o Água Santa (1x1).

Os comandados de Marcel Barbosa terão a oportunidade de se livrar do retrospecto horrível contra o EC São Bernardo, neste domingo (7), às 10h (de Brasília, GMT -3). O confronto será válido pela 6ª rodada da Copa Paulista.

Desempenho trágico não é de hoje

Desde 2018, dá para dizer que a performance do Juventus na Mooca é muito ruim. Na temporada passada, foram 12 jogos no ano na Rua Javari - somando A2 e Copa Paulista: 3 vitórias, 5 empates e 4 derrotas. Aproveitamento beirando os 39%.

Em 2020, mais 12 partidas na zona leste da capital paulista: 3 vitórias, 4 empates e 5 derrotas - 36% de aproveitamento. Em 2019, 15 jogos na Javari, com 7 vitórias, 3 empates e 5 derrotas (53%). Aqui, justiça seja feita, dá para destacar a boa campanha da equipe na Copa Paulista.

▶️ Inscreva-se no canal do ESCANTEIO SP no YouTube

O problema está em 2018. A Série A2 daquele ano foi completamente esquecível, com oito jogos, uma vitória e sete derrotas na Mooca. Na Copa Paulista, um princípio de recuperação. Ao todo, no ano, 17 partidas, 5 vitórias, 2 empates e 10 derrotas - 33% de aproveitamento.

LEIA TAMBÉM
+ Trio rescinde com o Oeste e reforça time de Fernando Marchiori

GOLS DA 5ª RODADA DA COPA PAULISTA - 1ª PARTE