Série A2: veja a artilharia, os principais assistentes e os líderes em participações em gols

A Série A2 do Campeonato Paulista chegou ao fim no último domingo com o título da Portuguesa e a briga não foi boa só pela taça. A disputa pela liderança das estatísticas individuais também foi muito acirrada. 

Passadas as 21 rodadas da Série A2, incluindo a primeira fase e o mata-mata, o Escanteio SP fez uma lista com os artilheiros, os assistentes, os líderes em participações diretas em gols e os goleiros menos vazados na competição. Veja abaixo: 

Artilharia

  • Bruno Lopes (atacante do Oeste) - 7 gols
  • Matheus Melo (meia do Linense) - 6 gols
  • Guilherme Santos (atacante do Red Bull Brasil) - 6 gols
  • Popó (atacante do Oeste) - 6 gols
  • Thiago Rubim (atacante do Rio Claro) - 6 gols
  • Portuga (meia do São Caetano) - 5 gols
  • Bambam (atacante do Taubaté) - 5 gols
  • Alecsandro (atacante do Primavera) - 5 gols
  • Raphael Luz (meia do Oeste) - 5 gols
  • Marcos Nunes (atacante do São Bento) - 5 gols
  • Felipinho (Velo Clube) - 5 gols

Principais assistentes 

  • Daniel Costa (meia da Portuguesa) - 7 assistências
  • Jhonatan Marino (atacante do Linense) - 3 assistências
  • Deivid (atacante da Portuguesa Santista) - 3 assistências
  • Daniel Cruz (atacante do Primavera) - 3 assistências
  • Tiago Abreu (lateral/meia do Primavera) - 3 assistências
  • Cesinha (lateral/meia do Rio Claro) - 3 assistências
  • Nathan Ferreira (atacante do São Caetano) - 3 assistências
  • Portuga (meia do São Caetano) - 3 assistências
  • Thiaguinho (atacante do Taubaté) - 3 assistências
  • Matheus Nunes (lateral do Taubaté) - 3 assistências
  • Léo Ceará (meia do Oeste) - 3 assistências
  • Sérgio Mota (meia do Oeste) - 3 assistências
  • Popó (atacante do Oeste) - 3 assistências
  • Caio Mancha (atacante da Portuguesa) - 3 assistências

Líderes em participações diretas em gols

  • Daniel Costa (meia da Portuguesa) - 11 (quatro gols e sete assistências)
  • Popó (atacante do Oeste) - 9 (seis gols e três assistências)
  • Portuga (meia do São Caetano) - 8 (cinco gols e três assistências)
  • Matheus Melo (meia do Linense) - 8 (seis gols e duas assistências)
  • Thiaguinho (atacante do Taubaté) - 7 (quatro gols e três assistências)
  • Felipinho (meia do Velo Clube) 7 (cinco gols e duas assistências)
  • Léo Ceará (meia do Oeste) - 7 (quatro gols e três assistências)
  • Bruno Lopes (atacante do Oeste) - 7 gols
  • Guilherme Santos (atacante do Red Bull Brasil) - 6 (seis gols)
  • Thiago Rubim (atacante do Rio Claro) - 6 (seis gols)
  • Bambam (atacante do Taubaté) - 6 (cinco gols e uma assistência)
  • Marcos Nunes (atacante do São Bento) - 6 (cinco gols e uma assistência)
  • Gustavo França (atacante da Portuguesa) - 6 (quatro gols e duas assistências)

Goleiros que sofreram menos gols em média (apenas com mais de cinco jogos)

  • Rodolfo (Oeste) - 1 gol sofrido em 6 jogos (0,16 por jogo)
  • Thomazella (Portuguesa) - 7 gols sofridos em 19 jogos (0,36 por jogo)
  • Dalton (Linense) - 9 gols sofridos em 15 jogos (0,6 por jogo)
  • André Dias (Juventus) - 7 gols sofridos em 11 jogos (0,63 por jogo)
  • Zé Carlos (São Bento) - 12 gols sofridos em 18 jogos (0,66 por jogo)
  • Leandro (Portuguesa Santista) - 11 gols sofridos em 15 jogos (0,73 por jogo)
  • Victor Golas (Rio Claro) - 14 gols sofridos em 18 jogos (0,78 por jogo)
  • Paulo Vitor (XV de Piracicaba) - 7 gols sofridos em 9 jogos (0,78 por jogo)
  • Fernando Henrique (Oeste) - 11 gols sofridos em 13 jogos (0,84 por jogo)
  • André Luiz (Primavera) - 13 gols sofridos em 15 jogos (0,87 por jogo)
  • Ariel (Monte Azul) - 8 gols sofridos em 8 jogos (1 por jogo)
  • Murilo Prates (Velo Clube) 8 gols sofridos em 8 jogos (1 por jogo)

Apostador? Assine o Escanteio SP e receba relatórios das Séries A2 e A3 do Paulista