Série A2: veja quais times mais lucraram ou tiveram prejuízo jogando como mandante

A Série A2 do Campeonato Paulista chegou ao fim e o Escanteio SP listou quanto cada clube lucrou ou teve de prejuízo jogando partidas em casa na competição. Os números foram levantados através dos boletins financeiros de cada partida divulgados pela Federação Paulista de Futebol (FPF). 

Finalistas, Portuguesa e São Bento foram os times que mais arrecadaram com jogos em casa. Somando a renda líquida das 11 partidas que fez em casa, a Lusa embolsou mais de R$ 410 mil. O São Bento, por sua vez, teve um lucro superior a R$ 330 mil, mas não informou as despesas das quartas e das semifinais nos boletins divulgados.

Apesar de a Portuguesa ter colocado mais de 12 mil pessoas no Canindé tanto na semifinal quanto na final, a maior renda líquida em uma só partida foi do São Bento. No primeiro jogo da final contra a própria Lusa, o São Bento colocou mais de oito mil pessoas no Estádio Walter Ribeiro e teve um lucro superior a R$ 184 mil. 

Dos 16 times que disputaram a Série A2, cinco tiveram déficit com jogos em casa. Líder dessa estatística negativa, o Red Bull Brasil teve mais de R$ 190 mil de prejuízo mandando partidas no Nabizão.

Apostador? Assine o Escanteio SP e receba relatórios das Séries A2 e A3 do Paulista

Vale lembrar que alguns clubes fizeram mais partidas do que outros como mandante. Isso porque os times que foram ao mata-mata na Série A2 de 2021, mas não conseguiram o acesso, e aqueles que caíram na Série A1 do mesmo, tiveram a vantagem de fazer uma partida a mais em casa (8 a 7). 

Veja quanto cada clube lucrou ou teve de prejuízo mandando jogos na Série A2

  • 1ª Portuguesa: R$ 410,3 mil
  • 2º São Bento: R$ 334,3 mil (não divulgou as despesas das quartas de final e das semifinais)
  • 3º Lemense: R$ 219,5 mil
  • 4º XV de Piracicaba: R$ 160,6 mil
  • 5º Linense: R$ 130,4 mil
  • 6º Velo Clube: R$ 65,5 mil
  • 7º Primavera: R$ 58,2 mil
  • 8º Portuguesa Santista: R$ 48 mil (divulgou apenas a renda bruta nos três primeiros jogos)
  • 9º Taubaté: R$ 21 mil (não divulgou as despesas de dois jogos)
  • 10º Juventus: R$ 14 mil
  • 11º Rio Claro: -15,6 mil
  • 12º Monte Azul: - 43,5 mil
  • 13º Oeste: - R$ 70 mil
  • 14º Audax: - R$ 78,9 mil
  • 15º São Caetano: - R$ 84 mil
  • 16º Red Bull Brasil: - R$ 191,2 mil