Ferrugem admite sondagens, mas avisa: “Quero colocar o Monte Azul na 1ª divisão”

Ferrugem foi um dos destaques do Monte Azul antes da pausa forçada da Série A2 por conta da pandemia do coronavírus. O lateral-direito viu seu contrato com o Azulão se encerrar no final de abril, mas isso não deve ser problema para que o clube firme um novo vínculo quando a FPF definir uma data para o retorno da competição.

Em entrevista exclusiva ao Escanteio SP, Ferrugem admitiu que já recebeu sondagens de outras equipes ao ser perguntado sobre o assunto, mas manifestou o desejo de ficar e levar o Monte Azul ao acesso.

“Começam a aparecer sondagens para todos que estão indo bem, mas penso mais no presente. Primeiro focar na classificação e depois no acesso”, disse, respondendo se aceitaria reduzir seu salário para seguir no Azulão até o término da Série A2.

“Sim, aceitaria. Devo muito ao Monte Azul e ao presidente (Marcelo) Cardoso que sempre faz de tudo por nós jogadores.  O que eu mais quero é colocar o Monte Azul na primeira divisão do Paulista”, afirmou.

Peça fundamental do Monte Azul na Série A2 ao ser regular na defesa e garçom no ataque, Ferrugem venceu a concorrência de Alex Reinaldo, do São Caetano, e esteve na seleção do Escanteio SP, feita após a parada forçada devido ao coronavírus.

“Tenho primeiro que agradecer a Deus por estar sempre cuidado de mim. Mas também é muito treinamento e foco em um objetivo na vida. Fico muito feliz de estar entre os melhores e ajudar minha equipe na competição”, disse.

Após o vice-campeonato da Série A3 em 2019, o Monte Azul começou a A2 surpreendendo e chegou a liderar a competição, mas caiu de rendimento nas últimas partidas antes da pausa e ocupa a quarta colocação, com 19 pontos. Ferrugem vê essa queda de maneira natural e diz que o foco é voltar melhor ainda.

“Foi questão de comprar a ideia de jogo e treinamentos do professor Luciano Dias. Com isso, nosso time estando bem fisicamente, sempre damos muita intensidade no jogo e as vitórias aconteciam. Caímos o rendimento como qualquer equipe, mas com essa parada agora é voltar firme e mais preparado ainda”, finalizou.