Portuguesa: líderes de estatísticas e time-base de 2021

A Portuguesa não teve um ano ruim em 2021, mas não atingiu nenhum dos objetivos traçados para a temporada. O resultado foi uma crise interna que gerou mudanças no comando técnico e na gestão de futebol.

A Lusa chegou ao mata-mata do Campeonato Paulista Série A2, da Série D do Brasileirão e da Copa Paulista, mas foi eliminada nas três competições sem conseguir o acesso. Com isso, a equipe vai disputar a A2 novamente em 2022 e não terá calendário nacional.

A temporada da Portuguesa ficou marcada pela quantidade de jogadores no elenco. Em 2021, somando todas as competições, 51 atletas disputaram pelo menos uma partida pela equipe do Canindé. Outros vários jogadores contratados nem sequer entraram em campo.



Somando todas as competições, a Lusa disputou 45 jogos e venceu 18 deles, empatando outros 18 e perdendo apenas 9, aproveitamento de 53,3%. O saldo de gols da equipe rubro-verde também foi bom: foram 63 gols marcados e 40 sofridos somando todas as competições. 

Veja os líderes de estatísticas da Portuguesa em 2021:

Jogos

1: Lucas Douglas - 35
2: Willian Magrão - 30
3: Caíque - 29
3: Maykinho - 29
5: Raphael Luz - 28

Jogos como titular

1: Willian Magrão - 30
2: Caíque - 29
3: Lucas Douglas - 26
4: Thomazella - 24
5: Cesinha - 22
5: Marzagão - 22

Minutos em campo

1: Willian Magrão - 2.496
2: Caíque - 2.375
3: Lucas Douglas - 2.184
4: Thomazella - 2.160
5: Dheimison - 1.800

Gols

1: Caio Mancha - 9
1: Lucas Douglas - 9
3: Raphael Luz - 7
4: Ermínio - 6
5: Danilo Pereira - 5

Cartões amarelos

1: Caíque - 10
2: Lucas Douglas - 9
3: Jefferson Feijão - 6
3: Marzagão - 6
3: Maykinho - 6
3: Walfrido - 6

Cartões vermelhos

1: Diego Jussani - 1
1: Lucas Douglas - 1
1: Marzagão - 1

Time-base da temporada

GL: Thomazella (2.160 minutos)
LD: Lenon (1.416)
ZG: Willian Magrão (2.496)
ZG: Diego Jussani (1.716)
LE: Patrick (1.565)
MC: Caíque (2.375)
MC: Marzagão (1.788)
MC: Raphael Luz (1.562)
AT: Lucas Douglas (2.184)
AT: Cesinha (1.705)
AT: Maykinho (1.520)
Técnico: Fernando Marchiori (35 jogos)