Portuguesa bate o Rio Claro no Schmidtão e fica a um empate de subir na Série A2

A Portuguesa deu um passo importante para buscar o acesso na Série A2 do Campeonato Paulista. Pelo duelo de ida das semifinais, a Lusa foi até o Schmidtão neste sábado e venceu o Rio Claro por 1 a 0. O atacante Luan, ex-Palmeiras, marcou o gol da partida. 

Com o resultado, a Portuguesa joga por um simples empate no duelo de volta para avançar à final e ficar com o acesso. O Rio Claro, por sua vez, precisa vencer por dois gols de vantagem para se classificar no tempo normal. Uma vitória do Galo Azul por um gol de diferença leva a decisão aos pênaltis.

O embate decisivo entre Portuguesa e Rio Claro está marcado para o próximo sábado, no Canindé, a partir das 16 horas.

Primeiro tempo sem gols no Schmidtão

Mais ligada no começo da partida, a Portuguesa teve uma grande chance logo aos nove minutos, quando Eduardo Diniz fez cruzamento na medida e Caio Mancha cabeceou com força. O goleiro Victor Golas mostrou muito reflexo e espalmou a bola no travessão, salvando o Rio Claro. 

Passados os primeiros momentos da partida, o Rio Claro conseguiu neutralizar o ataque rubro-verde e passou a assustar Thomazella. O goleiro da Portuguesa fez duas ótimas defesas, em finalizações de Diego Luís e Thiago Rubim, segurarndo 0 a 0 no placar ao final do primeiro tempo. 

Talismã decide e Lusa volta para a capital com a vitória

O segundo tempo começou com o Rio Claro bem melhor, tanto é que Thomazella precisou trabalhar mais duas vezes. Bruno Moraes finalizou em duas oportunidades antes dos 10 minutos e exigiu ótimas defesas do goleiro. 

Aos poucos, a Portuguesa foi assumindo as rédeas da partida e chegou ao primeiro gol Luan, que havia acabado de entrar. Após chutão da defesa, Caio Mancha dominou com maestria, deu bela enfiada para Luan e o talismã não desperdiçou, abrindo o placar aos 23 minutos. 

Faltando 10 minutos para o fim do tempo regulamentar, a Portuguesa ainda perdeu o lateral Eduardo Diniz, expulso com auxílio do árbitro de vídeo. Mesmo assim, a Lusa, que tem a melhor defesa da competição, conseguiu segurar o ataque do Rio Claro e sair em vantagem nas semifinais.