Ônibus do XV de Piracicaba é apedrejado antes de derrota para o Rio Claro

O ônibus do XV de Piracicaba foi atacado pela própria torcida do clube na noite desta quinta-feira. Antes do confronto com o Rio Claro, na saída da delegação do Estádio Barão de Serra Negra, torcedores do Nhô Quim atiraram pedras no veículo que levava aos jogadores até Santa Bárbara D'Oeste. 

Os vidros dianteiros e laterais do ônibus foram danificados. O motorista teve ferimentos leves e foi atendido pelos médicos da ambulância destinada a atender a partida no Estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães. 

Apostador? Apoie o Escanteio SP e receba relatórios das Séries A2 e A3

Dentro de campo, o XV de Piracicaba deu continuidade à sua fase ruim. Derrotado pelo Rio Claro, o Nhô Quim chegou ao quinto jogo sem vitória. Apesar da queda de redimento, o time de Moisés Egert está muito próximo de garantir classificação ao mata-mata, já que ocupa a quinta colocação e tem 19 pontos, quatro a mais que a Portuguesa Santista, primeiro time fora do G8. Faltam apenas três rodadas para o fim da primeira fase.

Veja a nota de repúdio emitida pelo XV de Piracicaba

A diretoria do Esporte Clube XV de Novembro vem a público lamentar o ataque sofrido pela delegação da equipe, que se dirigia a cidade de Santa Bárbara d’Oeste para a partida diante do Rio Claro, válida pela 12ª rodada do Paulistão A2. O fato ocorreu antes do jogo desta quinta-feira, 6.

O ônibus que conduzia a delegação quinzista foi atingido por pedras e rojões na Rodovia Luiz de Queiroz (sentido Piracicaba-Americana). Os vidros dianteiro e laterais foram danificados.

O único ferido foi o motorista do ônibus, que foi atendido pelos profissionais que estavam na ambulância presente no Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães e liberado em seguida. O clube informa que tomará as providências legais junto às autoridades competentes e repudia toda forma de violência.